Dioceses comemoram 40 anos do projeto Igrejas-irmãs

TER, 19 DE NOVEMBRO DE 2013 08:23 CNBB

As dioceses de Marabá (PA) e de Santo Ângelo (RS) celebraram no domingo, 17, a parceria que teve início em 1973.  Trata-se do projeto Igrejas-irmãs, que motiva uma diocese com maiores recursos humanos a sentir-se impulsionada a ajudar outra menos favorecida.  “São 40 anos de presença de Igreja irmã auxiliando uma outra igreja particular”, disse o bispo de Marabá, dom Vital Corbellini.

As comemorações ocorreram na Romaria de Caaró, realizada em Santo Ângelo, e durante a qual foram lembrados os três mártires das missões no Rio Grande do Sul: São Roque Gonzáles, Santo Afonso Rodrigues e São João de Castillo.

Na ocasião, dom Vital Coberllini agradeceu a presença de Santo Ângelo em Marabá, que atualmente conta com a presença de dois padres da diocese gaúcha. “Nós somos muito gratos aos bispos e à diocese que iniciaram esta obra tão bonita e agora, o seu bispo diocesano, dom Liro Vendelino Meurer, está dando continuidade ao projeto”, ressaltou dom Vital.

Para o bispo, trata-se de uma ajuda fundamental para que o povo seja melhor assistido e evangelizado pelos missionários.